domingo, março 14, 2010

Torre de Belém - Símbolo de Portugal

Símbolo de Portugal por excelência eis a Torre de Belém numa tarde de Verão de meados de Março.


sábado, março 29, 2008

Sé Catedral

Datada de 1147, a Sé da Lisboa é um dos seus ex-libris e também um dos símbolos da Reconquista cristã do território. A Sé foi construída quando o primeiro rei de Portugal, D. Afonso Henriques, conquistou a cidade aos mouros, em 1147. No local existia uma mesquita muçulmana. Em termos de arquitectura, nasceu segundo o estilo românico da época, também presente na Sé de Coimbra, mas nos séculos seguintes sofreu transformações importantes em estilo gótico, em que se destaca o deambulatório, mandado construir por D. Afonso IV (1291-1357) para seu panteão familiar. No interior, merece referência a capela de Bartolomeu Joanes, capela privada de um importante burguês da Lisboa medieval, e o claustro de planta irregular, uma obra inovadora no estilo gótico português mandado construir pelo rei D. Dinis (1261-1325). Nos séculos XVII e XVIII, foram efectuadas obras em estilo barroco, sobretudo a nível decorativo nos altares e na capela-mor. Na primeira metade do séc. XX, procedeu-se ao restauro do carácter medieval da Sé.



Sé Catedral de Lisboa

A Sé de Lisboa, inicialmente designada de Igreja de Santa Maria Maior, foi mandada construir em 1150 por D.Afonso Henriques, três anos depois de ter conquistado Lisboa aos Mouros.

A Sé de Lisboa


segunda-feira, março 03, 2008

Passa por mim no Rossio

Utilizando algumas fotos deste humilde blog, a Heloise criou este bonito video sobre Lisboa...

domingo, fevereiro 17, 2008

A Ponte sb/ o Rio Tejo

Esta foto é retirada do miradouro da Igreja de St.º Amaro, daqui vemos o casario que desce da colina de Santo Amaro até ao rio, ali ao canto inferior esquerdo o Hotel Vila Galé Opera (4*), o rio Tejo, a Ponte 25 de Abril e ao fundo o Cristo Rei já no concelho de Almada de olhos postos na Capital para a proteger.

A Ponte sobre o Tejo

A Ponte Sobre o Tejo e o Cristo Rei ao fundo, vista do Alto de Santo Amaro, Alcântara.
O Cristo Rei é a versão portuguesa do Cristo Redentor do Brasil.

Panteão Nacional ao entardecer

A Abóbada do Panteão Nacional ao entardecer.

A Igreja de S. Vicente ao entardecer

A abusar do zoom da Kodak

Para quem não sabe onde fica ...

Exactamente como a placa explica, ali, atrás da Igreja é o recinto da feira da ladra e logo adiante o Panteão Nacional.

E a frente da Igreja

A primeira foto da frente da Igreja de S. Vicente de Fora

domingo, outubro 28, 2007

Descubra as diferenças, entre o inicio e o fim do filme

video

Panteão Nacional, a Amália e o terraço

Ali em baixo no Panteão Nacional, onde no mesmo sítio se pode ver a "campa" da Amália Rodrigues, a grande fadista do século XX, mas também podemos subir ao topo ali ao terraço que vêm e desfrutar de uma vista e um sol fantásticos, o sítio ideal para passar uma tarde a ler um livro.

domingo, julho 01, 2007

Largo das Portas do Sol, um bocadinho mais de Zoom

Agora o Largo das Portas do Sol, o miradouro das Portas do Sol, o café e o Eléctrico 28 numa foto com um pouco mais de zoom.

Largo das Portas do Sol

Fazendo uso das capacidades da Kodak e do seu zoom fantástico, aqui está uma imagem de lá de cima da Igreja de São Vicente de Fora para o Largo das Portas do Sol, um largo que faz a ponte entre o bairro de Alfama e o Bairro do Castelo.

sábado, junho 16, 2007

Vista para Alfama, vencedora das marchas populares 2007

A vista lá do alto da Igreja de São Vicente de Fora, para o bairro de Alfama, um dos bairros mais antigos de Lisboa, bairro que ganhou as marchas populares de Lisboa 2007.

Terraço / Cobertura da Igreja

Lateral da Igreja que dá para o rio Tejo.

sexta-feira, junho 15, 2007

O Eléctrico 28, sem Zoom

Sem Zoom ou com pouco dele conseguem-se fotos muito boas, nesta quase que se vê os fósseis que estão incrustados na pedra da Igreja.

Esta foto dá inicio, às fotos e vídeos tiradas do terraço / cobertura, da Igreja de São Vicente, vem ai um vídeo fantástico tirado bem lá do alto em que tentava fazer uma panorâmica de 360º do terraço e quase caía.
Alerto para que cliquem na imagem não tanto para ver o Eléctrico mas para verem a pedra.

Dois Eléctricos bem juntinhos vistos lá do alto da Igreja

Lá do alto da Igreja está imagem dos Eléctricos, um que sobe para a Graça no sentido Martim Moniz, o outro que desce para o miradouro das Portas do Sol a caminho da Estrela.

Vistos lá do alto estes ícones de Lisboa parecem baratas, animal que habita a capital ali nas imediações do Zoo em Sete Rios.

quarta-feira, junho 13, 2007

domingo, junho 10, 2007

Páteo Interior, Azulejo Português



Azul lindo a emoldurar uma das torres da Igreja de São Vicente

É este azul lindo que me faz usar a kodak. Já tenho videos deste páteo e das badaladas do sino da igreja no YouTube em breve vou colocar aqui no blog.

Esta zona da Igreja de São Vicente de Fora é super perto da Graça, ao lado da Feira da Ladra e do Panteão Nacional, isto é, é um sitio muito central para se estar a festejar os santos Populares em Lisboa, sempre ao 13 de Junho, Feveriado Municipal em Lisboa, dia de Santo António.

São Vicente visto do páteo interior

Se esta foto é linda vejam só a proxima, ele há dias lindos em cidades lindas com gente linda de facto!!

Um pedaço de história de Portugal, uma foto roubada ao Museu da Igreja de São Vicente

Ele há coisas que não se devem fazer, e é de todo recomendavel não publicitar num sitio onde todo o mundo possa ver as coisas que fizemos e não deviamos ter feito mas...


Uma foto bonita da coluna logo logo à entrada do museu na Igreja de São Vicente de Fora.

Pró Chiado Óh Fachavor

Juntinho à Igreja mais um Eléctrico a caminho do largo Camões, a carreira 28, das mais conhecidas de Lisboa.

O Eléctrico 28, Tram n. 28

Do Martin Moniz até à Estrela, um electrico que todo o português deveria viajar pelo menos uma vez na vida e obrigatório para os turistas.
O Eléctrico percorre a frente ribeirinha mais catita da capital portuguesa, passa na Graça, no Miradouro das Portas do Sol, na Baixa, no Chiado, atravessa Santos e a Assembleia e vai até à Basilica/Jardim da Estrela.
Eis uma foto que vale apena clikar sobre ela para ver como é bem bonita.

Novamente a Igreja Lisboeta vista d'um quintal

A volta que eu falava no post anterior deu-me a possibilidade de encontrar este quintal que me deu um ângulo da igreja com melhor luz (ou não).


A caminho da Igreja, Lisboa

Agora com a foto bem direitinha.
Acabei por não descer por esta rua, era demasiado fácil chegar à Igreja por aqui, optei por ir por uma praceta onde em tempos assisti ao Portugal-Grecia, o primeiro jogo do Euro 2004, um jogo de má memória, mas por ter sido visto naquela praceta tão castiça não podia deixar de lá voltar a passar.

domingo, junho 03, 2007

São Vicente de Fora

A caminho da Igreja ali ao fundo, um prédio tipicamente Lisboeta, linhas bem direitas e as águas furtadas, bem catitas. Até dá vontade de ter a cama ali mesmo à janela e passar umas horas a ler à luz natural e a sonhar com aquilo que se vai lendo...

sábado, junho 02, 2007

S. Vicente de Fora

Com esta imagem começa a minha descida do bairro da Graça em direcção à Igreja de S. Vicente de Fora. Pelo caminho fui entrando em diversas ruas, ruelas, becos sem saída, à procura do melhor ângulo, da Igreja e confesso, à procura de um caminho menos comum que me proporciona-se novos motivos para fotografar.

sábado, maio 19, 2007

Miradouro da Graça



Quem disse que a Kodak só tira Boas fotos, alguns videos também.

O Miradouro da Graça - Video



Um dos miradouros mais bonitos da cidade de Lisboa, virado para o por do sol, daqui avista-se o castelo mas também as Amoreiras, a Praça do Comercio mas também o Parque Eduardo VII, a Moraria e a Estrela.
O Chiado, a Baixa a Avenida da Liberdade, enfim ... meia Lisboa.

sexta-feira, maio 18, 2007

Vista do Miradouro da Graça, Castelo, Ponte e uma casa lindíssima

O chalé mais desejado da Capital Portuguesa, uma casa lindíssima na encosta do castelo de São Jorge. Está foto é tirada do miradouro da Graça. Ao fundo avista-se a ponte sobre o rio Tejo.

sábado, março 31, 2007

Cor de Lisboa, Luz de Lisboa, Imagem Linda de um prédio de Lisboa

Pois, fotos do miradouro tenho-as aqui, mas fica para outro dia, esta foto é bem o espelho da força com que o sol inundava Lisboa, o que me fascinou neste prédio, não foi a cor original do seu revestimento de azulejo, foi esta cor maravilhosa com que ele estava pela influencia desta luz intensa.

Largo da Graça

O Largo da Graça propriamente dito, numa foto de costas voltadas para o meu miradouro favorito.
As minhas últimas três festas de Lisboa/ Santo António foram passadas aqui.


Imagem da placa toponímica do Largo da Graça, Lisboa

Para que não restem dúvidas do local aqui fica a placa toponímica do Largo da Graça cravada no pilar da Igreja da Graça, bem pertinho dum dos meus miradouros favoritos, melhor que este miradouro em Lisboa, só conheço um.

Imagem da Igreja da Graça

Nestes dias em que o Sol irradia com uma intensidade feroz ficam difícil algumas fotos, e não dá para esperar pelo final de dia que então o Sol ainda não tem a energia que tem no verão, mas estes dias tem uma outra coisa que lá para o verão se vai perder, a cor azul do céu é simplesmente fantástica, aqui retratada na moldura natural à torre da Igreja da Graça, bem ao lado do Miradouro da Graça.



Imagem de Lisboa Largo da Graça

Há dia lindos em Lisboa, é verdade que também chove aqui nesta cidade idílica, mas dias com um sol como este, a adivinhar o inicio da primavera que vinha ai a chegar, eram de aproveitar e sai pela manhã para captar mais umas imagens de Lisboa, esta aqui é a minha segunda fotografia do dia, no largo da Graça junto a um dos miradouros mais bonitos da cidade, e um sitio excelente para estar por alturas do Santo António de Lisboa que chega lá para o verão.

segunda-feira, março 05, 2007

D'Arabida até aqui a Alfama (Lisboa)

Este fim de semana descobri que esta palmeira lindissima, no alto de Alfama, junto ao Miradouro das Portas do Sol, pertence ao páteo de uma casa espetacular com piscina e ... muito bom aspecto.

Lá ao fundo dá para ver do outro lado do rio Tejo, primeiro o Barreiro e lá ao longe, a Serra da Arrábida.

Vista de Alfama, do miradouro das Portas do Sol - Lisboa

Igreja São Vicente, Alfama, Lisboa Antiga e o Rio Tejo